Postado em 21 de Junho de 2016 às 08:43
Programa Olhar Bem estima atender 2 mil pacientes em Corrente
Cerca de 500 cirurgias de catarata serão realizadas em pacientes de 23 municípios
programa olhar bem

O Programa Olhar Bem, que tem por objetivo realizar cirurgias de catarata, chegou ao município de Corrente nesta segunda-feira (20) e já se prepara para realizar cerca de 2 mil atendimentos. Sendo o município escolhido para a realização do programa na Chapada das Mangabeiras, a cidade receberá pacientes oriundos de 22 municípios, previamente selecionados pelas equipes de saúde de origem. De acordo com a Coordenadora do programa, a enfermeira sanitarista Claudia Rodrigues Almeida, o atendimento é prioritário para pessoas acima de 60 anos, faixa etária muito acometida pela catarata. “A catarata é uma questão voltada para o envelhecimento, então o percentual nessa faixa etária é muito grande”, explica a coordenadora do programa. Os pacientes encaminhados pelas equipes de saúde dos municípios passarão por uma consulta oftalmológica, que fará o diagnóstico final, determinando se há necessidade ou não da cirurgia. “Sendo diagnosticada a catarata, a cirurgia já é agendada, que terão início no dia 22. Estimamos que 500 cirurgias sejam realizadas. Sabemos que é um número expressivo, mas representa muito pouco diante da realidade da população, que não tem acesso”, informa Claudia. As consultas pós-operatórias serão realizadas no próprio local até o dia 25. Todo o atendimento é totalmente gratuito. A equipe contratada pelo Governo do Estado do Piauí é composta por médicos clínicos oftalmologistas, médicos cirurgiões oftalmologistas, anestesistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem e pessoal de apoio. “Uma das características deste projeto é o formato como essa população idosa é acolhida pela equipe que compõe o projeto, todos são preparados para acolher o idoso que está em uma condição vulnerável, então é muito gratificante e edificante para todos”. O Programa Olhar Bem terá como apoio a carreta do programa, onde funcionará o ambulatório, o ginásio esportivo, que dará suporte aos atendimentos, e a sede do Complexo de Saúde Dr. Misael Dourado Guerra, cedido pela Prefeitura Municipal de Corrente, que distribuiu sua rotina semanal entre as Unidades Básicas de Saúde para transformar-se em centro cirúrgico. Cláudia Rodrigues Almeida finaliza destacando que o programa é uma iniciativa ímpar no estado do Piauí, e talvez no Brasil, e parabeniza o município de Corrente por receber o programa. “Inicialmente fora do cronograma, mas sem dúvida pelo prestígio do prefeito Jesualdo Cavalcanti e pela importância do município a Secretaria de Estado da Saúde decidiu pela vinda do programa”.


ULTIMAS NOTÍCIAS